Três anos depois da última vez, a Corrida Sporting voltou a ser uma realidade, com a décima edição a acontecer este sábado e com vitórias de atletas do Sporting Clube de Portugal nas duas vertentes.

Com partida e chegada no Estádio José Alvalade – esta última no relvado -, a Corrida Sporting encheu novamente as ruas de Lisboa, com cerca de 4700 participantes divididos entre a prova de dez quilómetros, a Caminhada Família Leonina (quatro quilómetros) e a Corrida Jubas, dedicada aos mais pequenos.

Foi, precisamente, pela Corrida Jubas que começou a manhã, com muitas crianças a participar nas provas divididas por escalões etários. Com muitos sorrisos e muita energia, os Leõezinhos correram os 300 (bambis), 500 (benjamins A), 700 (benjamins B) e 1000 metros (infantis) e terminaram em pleno Estádio José Alvalade.

Publicidade

Seguiu-se a Caminhada Família Leonina, com o percurso de quatro quilómetros a sair do Estádio José Alvalade e a continuar até à Avenida do Brasil antes de regressar ao recinto verde e branco. Tal como as restantes provas, a Caminhada Família Leonina terminou no relvado.

Finalmente, por volta das 10h30, teve início a Corrida Sporting, com milhares de atletas a partirem para um percurso de dez quilómetros com a meia-volta a acontecer na Avenida Fontes Pereira de Melo.

A Corrida Sporting acabou por ser, como esperado, dominada pelos atletas da casa. No masculino, Jacinto Gaspar foi o vencedor, tendo cortado a meta no relvado do Estádio José Alvalade com o tempo de 31’59”. Leandro Monteiro, também Leão, foi segundo (32’12”), enquanto Hugo Figueiredo, da equipa de triatlo do Sporting CP, foi terceiro (32’19”). Rodrigo Lima (32’27”) e Zacarias Sitoe (32’54”), também do emblema verde e branco, fecharam o top 5.

No feminino, Verónica José – recente contratação do Sporting CP – venceu com o tempo de 38’20”, seguida da colega de equipa Ana Mafalda Ferreira (38’49”). Filipa Veloso (sem clube) fechou o pódio com 39’36”.

No final do evento, Miguel Afonso mostrou-se muito satisfeito. “Ganhámos todos com um grande espírito de família. É maravilhoso ver tanta gente. Ambiente Sporting CP e grande manhã de Sporting CP”, começou por dizer o membro do Conselho Directivo aos meios de comunicação do Sporting CP, continuando.

“Isto enche-nos o coração e demonstra a vitalidade do Sporting CP de geração em geração. Mais um dia de enorme Sportinguismo e deste clube imenso. Somos muito grandes. Nos últimos dias, graças ao Sporting CP, este país trouxe mais títulos mundiais para cá, neste caso na ginástica de trampolins. Foi um título Mundial com atletas 100% Sporting CP e se calhar por isso se fez pouca notícia. O Sporting CP e a história do desporto nacional misturam-se muito. É raro não haver a nossa participação nos títulos europeus e mundiais. Veja-se a base dos títulos europeus e mundiais de futsal ou do Europeu de futebol em 2016. Devemos estar muito orgulhosos de ser do Sporting CP e vamos estar cada vez mais juntos e unidos. Quando assim é, é uma festa”, frisou.

José Carlos Reis, director técnico e operacional das modalidades, destacou o facto de terem sido batidos “todos os recordes de inscrições, o que é um facto a assinalar”. “É extremamente motivador ter tanta gente. Fazemos um apelo a todos os Sportinguistas para fazerem desporto e exercício físico. É extremamente importante para a nossa saúde e o Sporting CP deve dar o exemplo. Todos os funcionários do Clube devem participar nestas actividades, assim como todos os Sportinguistas”, referiu.

Admitindo a vontade de organizar “muito mais eventos”, o dirigente explicou que “é importante criar toda esta ligação ao Clube, que está ligado ao desporto e é aberto para todos”: “O Sporting CP não é só para aqueles que jogam nas equipas principais, seja na formação ou nos seniores. É também para quem gosta de praticar desporto no seu Clube. Queremos ser inclusivos”.

Por fim, José Carlos Reis definiu uma meta para a edição de 2023 da Corrida Sporting: “No próximo ano esperamos atingir as dez mil inscrições. É um desafio grande”.

 

 

Fonte; https://www.sporting.pt/

 

csp_classificacao_2022