De forma a variar o tipo de treino que faço (porque a vida não é só corrida), alterno a corrida com natação e ciclismo. Isso levou-me à prática de triatlo amador mas, não é disso que venho falar hoje. Venho falar sim dos sapatos de ciclismo de competição RR520 da VAN RYSEL, comercializados pela Decathlon que testei há uns dias.

Para o fazer devidamente, nada como usá-los (é claro) na bicicleta. Após compra e instalação de umas travessas de bicicleta compatíveis com Shimano SPD-SL (necessárias para os pedais que tenho), fui dar uma volta de cerca de 60 minutos em Watopia, de forma a poder fazer os pequenos ajustes ao aperto superior e travessas, sempre necessários quando se usa calçado de ciclismo novo.

Fica desde já a nota de que estes sapatos são também compatíveis com encaixes Look Delta, Keo ou cleats de tipo BTT (SPD), dando portanto para usar com vários tipos de pedal.

A sola tem furação para arejamento na frente e no calcanhar, e embora no ciclismo indoor não me tenha feito muita diferença, tenho a certeza de que no exterior, especialmente em dias mais quentes, ajudará a manter o pé arejado, ajudando assim a evitar desconfortos ou outros problemas.

Ainda em relação à sola, é feita de um compósito de poliamida e carbono para, segundo a marca, obter uma ótima relação entre eficácia e conforto. Não sendo tão rígidos como uns sapatos de sola de carbono, conseguiam mesmo assim uma boa transferência de potência e retornavam bom “feeling” e resposta da parte da transmissão.

O aperto micrométrico lateral dos sapatos torna muito fácil o ajuste dos mesmos ao pé, com um sistema clique-a-clique de fácil aperto e desaperto. Na frente, têm uma pequena tira de velcro que não precisei de ajustar, tive somente de ter cuidado em deixar o aperto preso na guia da pala, e não apertar em excesso no peito do pé.

Escolhi também um tamanho e meio acima do meu habitual de corrida, porque os pés têm tendência a inchar quando pedalo e estavam perfeitos.

No segundo teste, já fui para os Campos Elíseos, fazer uma corrida no Zwift, aí já a aplicar mais potência e outro tipo de pedalada mais arrojada e arriscada. Os sapatos estavam ajustados como no final do teste anterior, e estiveram sempre confortáveis durante a hora aproximada que durou a corrida, não tendo necessitado de os ajustar durante a prova e terminando como comecei, com os pés impecáveis e praticamente secos.

Em jeito de resumo, estes sapatos são bastante confortáveis desde o primeiro minuto que se usam, o ajuste do topo é simples e prático, são leves e arejados, e o dinheiro que custam é bem empregue. Gostaria que existissem também numa cor clara, branco ou amarelo mas, tirando essa questão estética, a opinião final é bastante positiva.

Saiba mais sobre os produtos em
CALÇADO DE BICICLETA DE ESTRADA DE COMPETIÇÃO RR 520
TRAVESSAS BICICLETA COMPATÍVEIS COM SHIMANO SPD SL BTWIN