A Massagem Desportiva é indicada principalmente para desportistas, tanto para amadores como profissionais e pode ser feita na pré e pós-competição.

Publicidade

 

 OBJECTIVOS

A Massagem Desportiva é muito utilizada para aquecer e preparar os músculos antes do treino e após o treino, porque alivia todas as tensões e ajuda a retirar o ácido láctico dos músculos. Assim, o sangue e o oxigénio conseguem voltar aos músculos a um ritmo normal e fazer uma reparação eficaz dos tecidos musculares, tornando-os mais fortes e resistentes. Garante também a redução de edemas e o alongamento de tendões e ligamentos contraídos.

Esta é composta por técnicas de manipulação das estruturas músculo-esqueléticas, particularmente nas zonas mais afectadas à actividade desportiva, quer ainda recorrendo a mobilizações e alongamentos como complemento essencial.

BENEFÍCIOS E EFEITOS MECÂNICOS

Os efeitos das técnicas manipulativas utilizadas no desporto são mecânicos, fisiológicos e psicológicos, ocorrendo por intermédio de mecanismos reflexos e diretos, permite promover a diminuição das lesões e melhoria da consistência do treino e alívio de dores.

Os seus principais benefícios são:

  • Preparar a musculatura para o exercício;
  • Aumentar a circulação sanguínea e o fluxo da linfa;
  • Eliminar as toxinas da musculatura;
  • Previner lesões da musculatura e tendões;
  • Tonificar o tecido muscular;
  • Estimular a produção de adrenalina;
  • Aliviar as dores pós-treino.

 

Após o treinoexercícios de alongamento e diversos tipos de massagem, inclusive a Acupuntura, são indicados para desactivar nódulos e evitar lesões, estimulando o sistema mecânico e neuromuscular. Esta envolve a manipulação e reabilitação dos tecidos moles do corpo, incluindo músculos, ligamentos e tendões.

Os efeitos mecânicos são:

  • Aquecimento moderado por fricção;
  • Bombear favorecendo a circulação;
  • Esgarçamento dos tecidos cicatrizados;
  • Rotura de aderências;
  • Aumento da permeabilidade;
  • Eliminação de enzimas;
  • Melhoria da elasticidade;
  • Relaxamento;
  • Alívio da dor;
  • Favorecimento da microcirculação;
  • Equilíbrio do sistema nervoso autónomo.

Contra indicações

  • Idade inferior a 18 anos (até 18 anos, apenas com recomendação médica);
  • Estômago ou bexiga cheia (aqui recomenda-se que faça a digestão e pratique a diurese antes da massagem);
  • Inflamações agudas nos músculos e/ou articulações;
  • Estados febris;
  • Doenças cutâneas e/ou feridas;
  • Tromboflebite;
  • A recuperar de tumores cancerígenos com menos de 5 anos;
  • Câncer;
  • Fraturas ósseas.

Caso sofra de algumas destas patologias, consulte o seu médico assistente.