Descubra os conselhos para escolher um cardiofrequencímetro de corrida que irá ajudá-lo/a a encontrar o seu ritmo e a progredir.

Compra online

Publicidade

 

Na corrida, o cardiofrequencímetro acompanha-o/a na realização dos seus objetivos e ajuda-o/a a gerir o seu esforço. Se estiver ofegante, ajuda-o/a a encontrar o seu ritmo de conforto. Se deseja adelgaçar a silhueta, irá ajudá-lo/a a adaptar o seu ritmo para queimar mais calorias. Se quer progredir, irá ajudá-lo/a a seguir corretamente o seu plano de treino. Eis como escolher o seu cardiofrequencímetro de acordo com o seu objetivo.

PORQUÊ CORRER COM UM CARDIOFREQUENCÍMETRO?

A frequência cardíaca mede-se em bpm (batimentos por minuto). Quanto mais intenso for o esforço, mais rápido o seu coração bate e, consequentemente, mais o valor de bpm é elevado. Ao medir a sua frequência cardíaca, pode determinar em que zona de esforço se encontra: aquecimento, conforto, endurance, resistência ou resistência dura. Cada uma destas zonas tem efeitos diferentes no seu corpo: conforto na prática, perda de peso, melhor endurance, progressão…

AS DIFERENTES ZONAS DE ESFORÇO

As suas zonas de esforço são calculadas em função da sua frequência cardíaca máxima (FCmax)

Aquecimento: 50 a 60% da sua FCmax
Conforto: 60 a 70% da sua FCmax
Endurance : 70 a 80% da sua FCmax
Resistência : 80 a 90% da sua FCmax
Resistência dura : 90 a 100% da sua FCmax

OBJETIVO: ENCONTRAR O SEU RITMO/QUEIMAR CALORIAS

Corre com o objetivo de encontrar o seu ritmo, queimar calorias ou apenas para o seu bem-estar? É útil saber em que zona de esforço está para poder correr a um bom ritmo, no qual se sinta bem e na qual o esforço será eficaz. Nesse caso, os relógios cardio que indicam as suas zonas de esforço são ideais. Os relógios que indicam apenas a sua frequência cardíaca em bpm permitem-lhe também adaptar o seu ritmo, mas deverá calcular previamente a quantos batimentos por minutos corresponde a sua zona de conforto.

OBJETIVO: SEGUIR UM PLANO DE TREINO E PROGREDIR

Deseja progredir na corrida, ao seguir um plano de treino? Os planos de treino são frequentemente expressos em percentagem de frequência cardíaca máxima, de modo a ter em conta o seu estado de fadiga durante a preparação. Para poder medir e seguir a sua frequência cardíaca, um cardiofrequencímetro é indispensável. Decida se prefere investir num relógio cardio no pulso ou num relógio com banda para colocar no peito. Embora o uso da cintura seja mais incomodativo, tenha em atenção que esta medição de cardio é ligeiramente mais precisa e reativa do que num relógio cardio no pulso. Independentemente da sua escolha, opte por um relógio cardio que permita programar manualmente os exercícios fracionados, pois simplificará a sua rotina de corrida.

OBJETIVO: SEGUIR A SUA EVOLUÇÃO AO LONGO DE VÁRIAS SESSÕES

Pretende seguir a evolução da sua frequência cardíaca de várias sessões com uma aplicação no seu smartphone? Será então sensato optar por cardiofrequencímetros Bluetooth que sejam compatíveis com a sua aplicação, para poder gravar os dados das suas corridas