Se o passeio às vezes aborrece-lhe ou se está ferido, a bicicleta permite que varie o seu treino e se divirta. Aqui está por onde começar:

OS PRIMEIROS PASSOS… NO CICLISMO
Correr é um dos desportos mais populares que ajuda muitas pessoas a voltar em forma enquanto se divertem. Correr está ao alcance de todos. Leva pouco tempo e organização mínima. Tem flexibilidade nas suas horas de treino que pode enquadrar no meio da sua agenda.

É barato em equipamentos em comparação com outros desportos. Para correr, no entanto, tem que estar saudável e fisicamente intacto. Torna-se desafiador e arriscado se tiver problemas com sobrepeso e obesidade. Correr tem um impacto traumático com o chão, então se a sua técnica não é a melhor e o peso que tem que mover é alto, tem que ter cuidado com as lesões que podem colocá-lo em risco de sacrifícios que faz diariamente. O que pode fazer para continuar a correr e reduzir esse risco?

Uma das soluções é o treino cruzado: a possibilidade de desenvolver um plano de treino em múltiplas disciplinas. Sente a necessidade de treinar diariamente ou quase? Pode fazer isso, deve  apenas distribuir a carga total sobre diferentes grupos musculares sem criar sobrecargas em compartimentos individuais. Ao alternar disciplinas, pode aumentar o seu potencial orgânico global reduzindo o risco de lesões.

QUE DISCIPLINAS VOCÊ PODE INTEGRAR NA CORRIDA?
Um dos mais utilizados é o fortalecimento muscular. Pode treiná-lo no ginásio ou até mesmo em casa favorecendo o treino funcional que pode ser feito com um mínimo de equipamentos. Com esta atividade estimula uma tonalidade geral usando também músculos que não estão diretamente envolvidos na corrida. Pode melhorar muitos aspetos como postura, estabilidade que melhoram o desempenho na corrida.

UMA DISCIPLINA QUE VOCÊ PODE COMPLEMENTAR BEM COM A CORRIDA É O CICLISMO
A prática do ciclismo promove a melhoria da eficiência cardíaca, capacidade respiratória e eficiência muscular. Gera melhor controle da pressão arterial, glicemia, colesterol e peso corporal. Pedalar em vez de correr, leva mais tempo e acima de tudo mais equipamentos. Mas pode se tornar a arma que pode fazer a diferença no desempenho mesmo para correr.

O ciclismo não tem um impacto traumático no terreno, então pode usá-lo como uma atividade de drenagem e recuperação após exigir treinos de corrida. Pode ser feito em baixa intensidade favorecendo um importante consumo de gorduras que na corrida, especialmente se estiver um pouco acima do peso, é muito mais difícil. Pode sustentar exercícios muito mais longos gerando adaptações úteis em termos de resistência. A redução de peso vai torná-lo mais rápido na corrida, reduzindo o risco de lesões.

ONDE PRATICÁ-LO?
Pode praticar ciclismo ao ar livre tanto na estrada com uma bicicleta de corrida quanto em trilhas mistas e de terra com uma bicicleta de montanha.

Tem várias oportunidades também em casa graças à tecnologia dos novos treinadores inteligentes que permitem reproduzir as sensações e estímulos de treino do ciclismo mesmo em casa. Os treinos internos geralmente são mais curtos do que viagens de carro: a duração típica varia entre uma hora, uma hora e meia. O treino interno requer mais esforço metabólico e pedalar dentro de casa certamente não é tão divertido quanto andar de bicicleta ao ar livre. Por outro lado, pode realizar trabalhos de qualidade e exercícios que seriam difíceis de fazer na estrada.

O QUE NÃO PODE FALTAR?
O primeiro passo é comprar uma bicicleta. Não se esqueça que toda a atividade desportiva, bem como fazer o bem para a saúde também deve ser estimulante e divertida. Caso contrário, lutará para manter os estímulos elevados ao longo do tempo. Se tem estradas disponíveis não muito ocupadas, pode pegar uma bicicleta de estrada. Se prefere rotas montanhosas de terra, então deve escolher uma “mountain bike”.

A mais nova alternativa é a bicicleta elétrica. Uma ferramenta cara, mas interessante, porque permite que faça saídas longas e exigentes apoiando um esforço adequado às suas possibilidades. Dependendo da distância e dificuldade do trajeto pode escolher entre diferentes níveis de “ajuda” para você poder contribuir para o passeio em cada situação. Antes de comprá-la pode alugar uma para avaliar bem o seu uso.
Além da bicicleta, uma série de acessórios essenciais também são necessários para a segurança e para o bom desempenho dos seus treinos.

O capacete é um complemento necessário para a bicicleta. Protege-o de choques violentos, mas também das consequências de quedas triviais. Lembre-se de nunca andar de bicicleta sem capacete. Em treino e na cidade.

Os óculos protegem contra situações potencialmente perigosas ao andar de bicicleta (poeira, pedras, vento, insetos). Eles devem ser leves e firmes na sua cabeça. Devem ser específicos para o ciclismo e com lentes de policarbonato inquebráveis.

Luvas de inverno protegem você do frio e protegem as mãos em caso de queda e evitam o aparecimento de bolhas.
O treino de bicicleta requer uma reposição constante de líquidos e sais. Dependendo da duração e intensidade da saída precisa encher a garrafa de água com a mistura correta de sais e carboidratos. Nunca saia com a garrafa de água vazia mesmo nos meses de inverno onde roupas pesadas favorecem a transpiração intensa.

Uma escolha delicada diz respeito ao uso de sapatos. Se nas primeiras saídas estiver correto usar sapatos desportivos normais com o passar do tempo deve mudar para sapatos de ciclismo. Os sapatos de bicicleta têm uma sola rígida à qual um acessório para os pedais é fixo. Todas as bicicletas são equipadas com pedais de gancho rápido que bloqueiam o ponto de suporte durante a pedalada. Nas primeiras saídas recomendo que pratique o encaixe e desencaixe para evitar quedas nas travagens.

Então há roupas. Calções próprios e  camisolas que devem ter bolsos para colocarmos material. O resto das roupas devem ser escolhidas conforme o clima. Precisa de roupas que o protejam do frio, chuva e vento nos meses de inverno e pelo contrário no verão que favoreçam a dispersão do calor.

Agora tudo que tem que fazer é andar a alternar corrida e ciclismo nos seus treinos.
Divirta-se.