O equilíbrio é o elemento-chave para uma vida feliz. Estas dicas de alimentação saudável vão ajudar-te a conquistar esse objetivo.

O aumento do consumo de fast food e alimentos industrializados é um dos grandes problemas da atualidade, com consequências graves a vários níveis. Como tal, partilhamos contigo algumas dicas de alimentação saudável para que, no teu dia a dia, as possas colocar em prática.

Se não estás habituado, é provável que, nos primeiros tempos, possas sentir alguma dificuldade em adaptar-te. Mas lembra-te: somos seres de hábitos, pelo que com o tempo tudo será mais fácil.

Além disso, irás sentir grandes melhorias na tua saúde física, na tua disposição e saúde mental. Só isso é motivo mais do que suficiente para começares já hoje a cuidar mais e melhor de ti.

DICAS DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL SIMPLES E FÁCEIS DE CUMPRIR

O que comes e até como comes: tudo tem importância. Assim sendo, toma nota dos nossos conselhos.

1. Come um Pouco de Tudo

A variedade faz parte de uma rotina alimentar saudável. Assim sendo, nem sempre, nem nunca é uma referência a ter em conta neste tema.

Não precisas de seguir uma dieta altamente restrita e eliminar alimentos menos nutritivos, mas sim perceber que as exceções não podem ser as regras.

Por isso, podes comer um pouco de tudo e ainda assim seguir uma alimentação equilibrada.

2. Aumenta o Consumo de Fibra

A fibra é responsável por várias funções importantes no nosso organismo como, por exemplo, regular o funcionamento intestinal, os níveis de glicose e de colesterol no sangue. Além disso, ajuda a aumentar a sensação de saciedade, diminuindo aquelas impressões de apetite incontroláveis, que, por vezes, possas ter.

Uma boa forma de o fazer é aumentando o consumo de frutas e legumes. De acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS), “devemos comer, no mínimo, uma sopa de legumes ao almoço e outra ao jantar, e três peças de fruta, ao longo do dia.”

No que aos frescos diz respeito, idealmente deves privilegiar a cenoura, cebola, curgete, abóbora, brócolos, couve-flor, feijão-verde e alho, não só por se manterem frescos mais tempo, mas também por permitirem uma grande variedade de refeições.

3. Cozinha as Tuas Próprias Refeições

Entre restaurantes, opções de take away e aplicações para entrega de comida em casa é fácil aceder a uma panóplia de alimentos. Mas nem sempre são as melhores escolhas.

Por isso, por que não recuperar o hábito de cozinhar mais em casa? Isto até pode ser feito em família. Reúne o teu companheiro, filhos, pais, o que seja: todos comem, então, todos ajudam. No final, além de uma refeição deliciosa, terão muitos e bons momentos que guardarão para a vida.

4. Utiliza Métodos de Confeção Simples

Se o teu tempo é limitado, então, deves optar por formas de preparar a comida que sejam mais rápidas e práticas, como grelhados, assados sem muita gordura e estufados sem refogados.

Poupas tempo e consegues, assim, pratos cheios de sabor e nutritivos.

5. Come Devagar

A comida é para ser apreciada e não devorada como se não houvesse amanhã. Além de isto ajudar a manter a sensação de saciedade por mais tempo, vai, igualmente, facilitar a digestão. Assim, irás evitar problemas de saúde, nomeadamente azia e gases.

6. Usa Menos Açúcar e Sal

Dado todo o tempo que passámos em casa confinados ao longo dos últimos meses, fomos confrontados com situações que nunca imaginaríamos. Do ponto de vista alimentar, provavelmente também cometeste alguns excessos, quer em termos de quantidade, quer em termos de qualidade da confeção.

Todos passamos por isso. Por isso, agora que estamos aos poucos a regressar à vida dentro da normalidade possível e limitada, foca-te em voltar a padrões mais saudáveis e, com isso, reduzir o consumo de alimentos com açúcar e sal.

7. Bebe Mais Água

Nunca é demais ressalvar a importância de uma correta hidratação, pelo que esta é uma das dicas de alimentação saudável que devemos ter sempre em conta.

Obstipação, pele seca, irritações nos olhos, cansaço e até mesmo dores de cabeça podem ser sinais comuns de que estás a beber menos líquidos do que precisas ou até de que te encontras mesmo desidratado.

8. Sê Regular

Outro ponto importante a considerar numa alimentação saudável é a regularidade das refeições. Tal significa que não deves estar muitas horas sem comer e que não deves saltar refeições, porque tal poderá levar a um excesso de consumo de alimentos nas refeições seguintes.

O ideal é comer algo de três em três horas, cumprindo com as seguintes refeições diárias: pequeno-almoço, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e até ceia, se tiveres necessidade de isso mesmo.

9. Consulta um Profissional

Nem todos temos a mesma facilidade em manter uma dieta equilibrada e saudável, quer por falta de tempo, quer até por falta de conhecimento do que devemos ingerir. Além disso, se há objetivos a cumprir, a ajuda de um profissional poderá ser fundamental para alcançá-los.

Nos clubes Fitness UP encontrarás vários nutricionistas que te ajudarão nesse caminho, bem como a elaborar um plano alimentar que vai de encontro às tuas necessidades e objetivos.

10. Mexe-te

 

 

fonte: https://www.fitnessup.pt/